NOTÍCIAS - PARACICLISMO

Data de Publicação: 04/06/2022.

Copa Brasil de Paraciclismo apresenta percurso técnico e define primeiros campeões

Prova de contrarrelógio foi disputada neste sábado (4/6). Etapa de Ribeirão Preto está reunindo mais de 100 atletas

Lauro Chaman
Crédito: Wesley Kestrel/CBC

Com um percurso exigente e seletivo, a primeira etapa da Copa Brasil de Paraciclismo começou em alto nível neste sábado, 4, durante a prova de contrarrelógio realizada no entorno do Parque Olhos D,água, na zona Sul de Ribeirão Preto.

Os primeiros medalhistas comemoraram os resultados e destacaram a importância de competir em circuitos técnicos para a evolução esportiva dentro da modalidade e principalmente na preparação para copas do mundo e mundiais.

"Essa é uma prova importantissima tanto para o ranking nacional como internacional. Para mim é excepcional poder competir em casa, poder somar bons pontos, e conseguir me manter no TOP20 mundial, que é um dos meus objetivos. Eu sou de Ribeirão Preto, então fico feliz em ver a minha cidade sediar pela primeira vez um evento de paraciclismo neste nível e estou feliz também pela vitória na prova de hoje", contou Maurício Dourado, membro da Comissão de Atletas da CBC, campeão do contrarrelógio na categoria Handbike MH3.

Destaque da categoria feminina, Victoria Barbosa, 28 anos, uma das mais recentes revelações do paraciclismo na classe C, comentou a dificuldade do percurso e fez uma comparação com as provas disputadas no circuito mundial.

"A prova ocorreu em um percurso com muito vento, técnico, que exigiu muito da nossa preparação fisica. É um circuito que se assemelha muito ao que encontramos quando vamos competir fora e isso é super importante para a nossa evolução. Eu saiu feliz com o resultado e amanhã vou maus uma vez entregar o meu melhor em busca de uma medalha na prova de resistencia", declarou Victoria Barbosa, campeã na categoria WC2.

Os resultados completos podem ser acessados através do seguinte endereço: http://cbc.esp.br/arquivos/wxbd5zdy03.pdf

No paraciclismo, as provas são divididas por classes: Ciclismo (C1 a C5), Handbike (H1 a H5), Triciclos (T1 e T2) e Tandem. Cada uma delas são subdivididas de acordo com o grau de deficiência dos competidores.

A Copa Brasil de Paraciclismo etapa de Ribeirão Preto é uma organização e realização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Paulista de Ciclismo (FPC), com apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB),  Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e ASW Racing.

Assessoria de Comunicação - CBC

Telefone: (61) 3585.1051 | (61) 9123.2218 
E-mail: imprensa@cbc.esp.br 
Curta a página da CBC no Facebook
Assista aos nossos vídeos no Youtube Canal Oficial da CBC

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - PARACICLISMO

VER TODAS
Copa Brasil de Paraciclismo
Crédito: Wesley Kestrel/CBC
Vitor Luise
Crédito: Wesley Kestrel/CBC
Copa Brasil de Paraciclismo
Crédito: Wesley Kestrel/CBC
Jady Malavazzy
Crédito: Wesley Kestrel/CBC
Copa Brasil de Paraciclismo
Crédito: Wesley Kestrel/CBC