NOTÍCIAS - pista

Data de Publicação: 06/03/2014.

Treinador Tim Carswell elogia ciclistas brasileiros e acredita em bom desempenho no Rio 2016

Seleção Brasileira de Pista será acompanhada por ?Tim? durante os Jogos Sul-Americanos do Chile


Reunião técnicaCrédito: CBC/Divulgação
Durante os dias que esteve no Brasil, o neozelandês Tim Carswell, treinador do Centro Mundial de Ciclismo (UCI) e supervisor técnico da Seleção Brasileira, acompanhou alguns treinamentos da seleção de Pista e realizou palestras direcionadas aos atletas e comissão técnica. Na visão de Tim, os ciclistas brasileiros têm muito potencial, com diversas qualidades que ainda precisam ser exploradas. Segundo ele, o Brasil poderá ter chances reais de brigar por uma medalha na Pista durante os Jogos do Rio 2016.
“O ciclismo de Pista do Brasil evoluiu muito nos últimos meses. A equipe esta focada e isso me deixa otimista quanto à classificação do Brasil na Pista para 2016. Talvez, no feminino seja mais difícil, por termos atletas muito jovens, mas no masculino tudo esta caminhando para conseguirmos essa classificação e fazer uma excelente apresentação. Acredito que estaremos bem representados nos Rio e lutando por uma medalha inédita para o Brasil”, destacou Tim Carswell.
O neozelandês também elogiou o empenho da Confederação Brasileira de Ciclismo no direcionamento das suas ações para o Ciclismo de Pista e ficou satisfeito ao ver as instalações e toda infraestrutura que estão sendo oferecidas aos atletas da seleção brasileira.
“Considero o Velódromo de Maringá, que é base de treinamento da seleção, como um bom velódromo. Os atletas têm um excelente espaço para treinar e também podem contar com uma estrutura muito bem planejada pela CBC. Algumas coisas ainda precisam ser ajustadas, mas várias ações já estão sendo desenvolvidas. Teremos muito trabalho nos próximos dois anos de preparação e tenho certeza que chegaremos otimistas no Rio 2016”, afirmou Tim.
Tim dando instruçãoCrédito: CBC/Divulgação
Nesta quinta, 6 de março, Tim Carswell embarcou, junto com a seleção brasileira de Pista, para o Chile, aonde comandará o grupo durante os Jogos Sul-Americanos. Tim afirmou que é importante estar presente nesses eventos até para poder conhecer melhor os atletas da America do Sul, que são adversários diretos dos brasileiros, além de acompanhar de perto as condições da competição.
“Os ciclistas da America do Sul, são os primeiros adversários diretos do Brasil no ciclismo de Pista. Precisamos acompanhar essas principais competições das Américas para poder traçar um parâmetro de nivelamento. Será uma boa oportunidade para os atletas da Seleção Brasileira mostrarem um bom serviço”, concluiu Tim Carswell.
De acordo com o diretor de alto rendimento da CBC, Francisco Florêncio, a preocupação com o ciclo olímpico será constante. Os treinamentos da equipe estão alcançando um nível desejável há bastante tempo, e agora com a supervisão do técnico Tim, os atletas terão uma experiência inédita para poder explorar.
“O calendário de Pista foi ampliado desde o ano passado, incluindo competições na Europa e etapas da Copa do Mundo. Agora, vamos intensificar os treinamentos, realizar avaliações constantes junto com toda a equipe multidisciplinar que esta sendo oferecida para o grupo, além de continuar participando de competições que somam pontos para o ranking mundial. No segundo semestre estaremos ainda realizando diversas outras ações na disciplina que serão fundamentais para dar continuidade aos projetos de desenvolvimento da CBC”, finalizou Francisco.
O ciclismo de Pista compete nos Jogos Sul-Americanos entre os dias 11 e 14 de março. A equipe brasileira estará representada por: Diefferson Borges, Flávio Cipriano, Kacio Freitas, Armando Camargo, Gideoni Monteiro, Leandro Alves, Thiago Nardin, Gabriela Yumi e Wellyda Rodrigues.
 
ASSESSORIA DE IMPRENSACONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - pista

VER TODAS