NOTÍCIAS - pista

Data de Publicação: 13/03/2014.

Flávio Cipriano leva mais um bronze no Sul-Americano e ciclismo já soma oito medalhas na competição

Esta é a terceira medalha que o ciclismo conquista no velódromo. Competições de pista terminam nesta sexta


Cipriano no pódioCrédito: CBC/Divulgação
Depois de conquistar o bronze na última terça-feira, 11, através da prova de velocidade por equipes masculina, o brasileiro Flávio Cipriano voltou ao pódio nesta quinta, 13, para comemorar mais um bronze, desta vez na prova de velocidade individual. Com o resultado, o ciclismo já soma oito medalhas nesta edição dos Jogos Sul-Americanos, três delas foram conquistadas no velódromo.
O dia foi agitado para o ciclismo brasileiro. Começando com os resultados da equipe feminina que chegou muito perto de alcançar uma medalha na prova de Keirin ao terminarem na quarta colocação, com Wellyda Rodrigues, que viu a medalha de bronze escapar por centímetros, após analise da fotografia eletrônica da chegada (foto finish) e sétima com Gabriela Yumi. A colombiana Juliana Gavira faturou o ouro, seguida pela venezuelana Daniela Larreal com a prata e a colombiana María Garcia com o bronze.
Na prova de velocidade individual masculina, Flávio Cipriano fez uma etapa classificatória muito positiva, levando o Brasil para disputar a final na noite desta quinta. A expectativa era grande, a prova é uma das especialidades do brasileiro que não decepcionou e garantiu a medalha de bronze, somando a sua segunda medalha na competição. Kacio Fonseca, que também disputou a prova, terminou na quinta colocação. O ouro ficou com o colombiano Fabian Puerta e a prata com o venezuelano Hersony Canelon.
“Estou feliz demais com o resultado. Essa prova é minha especialidade e fiz o meu melhor para conquistar mais essa medalha para o Brasil. Ganhar duas medalhas em uma competição deste nível comprova que estamos no caminho certo. Isso nos faz dar ainda mais valor aos nossos treinamentos e ao apoio que recebemos da CBC para que tivéssemos condições de realizar uma boa preparação” declarou Flávio Cipriano.
Outra prova que teve início nesta terça (13) e pretende agitar o último dia de competições no velódromo foi a Omnium com presença de dois brasileiros (Armando Camargo e Gideoni Monteiro). Nesta prova, os ciclistas precisam completar um conjunto de seis corridas especificas que somam pontos para um ranking característico que definirá o grande campeão geral da prova.
Pela Omnium, os ciclistas brasileiros disputaram três provas, começando pela volta lançada, onde alcançaram a 8ª posição com Gideoni Monteiro e 11ª com Armando Camargo. Mantendo a regularidade, Gideoni ainda alcançou outros dois bons resultados para o Brasil, terminando em 6º na prova por pontos e 2º na prova de eliminação. Após os resultados, o Brasil ocupa a quinta posição no ranking da prova Omnium, que será definida nesta sexta com a realização de mais três competições.
“A seleção foi mais uma vez muito regular nesta quinta. Os resultados apareceram tanto no masculino como no feminino e isso deixa clara a evolução da nossa equipe. O Flávio fez uma ótima prova e conquistou mais uma medalha e os demais atletas também tiveram um grande dia. Estaremos buscando mais medalhas para o Brasil nesta quinta para encerrar a participação do Ciclismo de Pista da melhor forma”, destacou Emerson Silva, técnico da Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista.
O ciclismo de pista brasileiro encerra a participação nos Jogos Sul-Americanos nesta sexta (14), disputando medalhas pelas provas Omnium e a Keirin masculina.
 
ASSESSORIA DE IMPRENSACONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - pista

VER TODAS