NOTÍCIAS - pista

Data de Publicação: 02/08/2015.

Atletas da seleção fazem a festa no último dia do Campeonato Brasileiro de Pista - Elite 2015

Competição foi sucesso de público e mostrou que o ciclismo brasileiro está em ótima fase


Kacio Fonseca, campeão da KeirinCrédito: Thiago Lemos
O domingo (2) foi de muita festa no Velódromo do complexo desportivo municipal (Vila Olímpica) de Maringá (PR). Após cinco dias de competição de alto nível o Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista - Elite 2015 foi finalizado com "gostinho de quero mais". Os mais de 100 ciclistas que participaram do evento saíram muito satisfeitos e impressionados com a estrutura de alto nível e, claro, a receptividade da cidade paranaense, que foi escolhida como Centro de Treinamento da equipe brasileira na preparação para a classificação dos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.
“Podemos dizer que finalizamos mais um brasileiro que reuniu os principais nomes do nosso esporte, além dos novos talentos que também fizeram bonito durante os cinco dias de competições. É muito gratificante ver os atletas da seleção despontando no nosso campeonato nacional. Essa é a oportunidade que eles têm de competir ao lado da família, contando com o apoio dos amigos e servindo de referência para os adversários. Todos os atletas presente no campeonato estão de parabéns, as disputas foram acirradas e serviu para avaliarmos a qualidade de vários atletas”, declarou Emerson Silva, técnico da Seleção Brasileira.
Público prestigiandoCrédito: Thiago Lemos/CBC
E como não deveria deixar de ser, os fãs do ciclismo lotaram as arquibancadas e fizeram muito barulho para saudar os campeões nacionais do Keirin e Prova por Pontos, últimas competições do cronograma. Os atletas da seleção brasileira de ciclismo de pista foram os principais destaques do último dia de competições. 
No Keirin, o quarteto Kacio Freitas, Flavio Cipriano (Equipe de Ciclismo Taubaté), Hugo Osteti e Fernando Sikora, foi novamente o destaque da disputa, que terminou com Kacio em primeiro, Flavio em segundo, Fernando em terceiro e Hugo na quarta colocação. Kacio Freitas, Hugo Osteti e Flávio Cipriano, que recentemente conquistaram a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto/2015 na prova de Velocidade Por Equipes, também foram primeiros colocados, respectivamente, da Prova de Velocidade Individual masculina, na sexta-feira (31).
Chegada da KeirinCrédito: Thiago Lemos/CBC
Na prova da Keirin feminina, Sumaia Ali (Associação Atlética Desportiva/São Bernardo do Campo) conquistou o bicampeonato, derrotando Alice Melo (Clube Maringaense de Ciclismo), integrante da seleção, que ficou com o segundo lugar, e Maira Nogueira (Associação Atlética Desportiva/São Bernardo do Campo).
Pontos
Já Ana Paula Polegatch (Memorial/Santos) alcançou sua terceira medalha de ouro no Brasileiro na Prova Por Pontos - as outras vieram na Perseguição por Equipes e Perseguição Individual. Completaram o pódio Cristiane da Silva (Carrefour/São José dos Campos), segunda colocada, e Giovana Corsi (São Francisco/Ribeirão Preto), terceira.
Pódio da Prova Por PontosCrédito: Thiago Lemos/CBC
Além de Ana Paula, outros dois ciclistas da seleção brasileira mostraram que estão em boa fase e subiram ao pódio novamente na Prova por Pontos Masculina. Cristian Egídio (Clube Dataro de Ciclismo) faturou a medalha de ouro, enquanto Endrigo da Rosa (Memorial/Santos) ficou com o bronze. A dupla também havia conquistado prata e bronze, respectivamente, na Perseguição Individual. Joel Candido (Team Osasco) levou a prata.   
"A prova por pontos é bem estratégica e de resistência por ser muito longa e dura. Eu sabia quem eram os atletas que poderiam dar mais trabalho, fui oportunista quando pude, consegui tirar voltas e pontos importantes, me posicionei bem na chegada e me senti bem preparado para a prova.", afirmou Cristian Egídio. 
Os bons resultados dos atletas da seleção no campeonato nacional reforçaram a importância do Projeto Intercâmbio da CBC, que tem patrocínio da Caixa Econômica Federal. Com uma preparação diferenciada no Centro de Treinamento da UCI, na Suíça, e em outras bases de alto nível no exterior, os ciclistas aprimoraram suas habilidades e chegaram 100% para os principais desafios da atual temporada, que ainda não tem data definida para terminar. 
"Foram 20 anos sem essa medalha no Pan, agora graças à Confederação, e a Caixa, conseguimos em aproximadamente dois anos um feito inesquecível. Percebi aqui que a gente se tornou referência e está todo mundo da seleção nivelado, além dos atletas do Brasil que também estão muito preparados. Para o Brasil e para o ciclismo isso foi bom como um todo, isso mostra que a evolução foi clara, totalmente positivo. Agora é seguir trabalhando", afirmou Flávio Cipriano, que foi bronze na Velocidade Individual e prata na Keirin. 
 
Classificação completa do domingo (02/08): http://goo.gl/QMGOFL
 
ASSESSORIA DE IMPRENSACONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

Assessoria de Comunicação - CBC

Telefone: (61) 3585.1051 | (61) 9123.2218 
E-mail: imprensa@cbc.esp.br 
Curta a página da CBC no Facebook
Assista aos nossos vídeos no Youtube Canal Oficial da CBC

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - pista

VER TODAS