NOTÍCIAS - MTB

Data de Publicação: 12/10/2020.

Henrique Avancini assume a liderança do Ranking Mundial do Mountain Bike XCO

Mesmo com pneu furado, Avancini terminou mundial na 10ª colocação

Henrique Avancini no Mundial
Crédito: UCI/Divulgação

Quebrar barreiras é uma das especialidades do atleta brasileiro Henrique Avancini. Só nos últimos dias foram vários resultados históricos para o Brasil, começando com a dupla vitória na segunda etapa da Copa do Mundo, onde venceu tanto a prova de Short Track (XCC), como também conquistou a medalha de ouro inédita no Cross Country Olímpico (XCO), se tornando o segundo atleta do circuito internacional a conquistar a dobradinha. Já no último sábado (10), Avancini terminou em décimo no Campeonato Mundial disputado em Leogang, na Áustria.

Henrique Avancini pedalou a maior parte da prova no grupo que disputava a terceira colocação, mas infelizmente na penúltima volta, teve um pneu furado que comprometeu completamente a sua estratégia e, mesmo enfrentando uma pista com condições que não favoreciam em nada as suas características técnicas, ele seguiu persistindo e com muita determinação completou a prova na décima colocação.

O francês Jordan Sarrou liderou a prova de ponta a ponta e se tornou campeão mundial com o tempo de 1h25min37. Em segundo ficou o suíço Mathias Flueckiger, 45 segundo atrás, e em terceiro o francês Titouan Carod, com 55 segundos de diferença.

“Foi um dia duro no Campeonato Mundial 2020. Acredito que gerenciei bem a corrida com as piores condições possíveis pra mim. Após quase ir pro chão na largada, escalei o pelotão e me mantive em contato com a briga pelas medalhas até o final da penúltima volta, quando furei o pneu traseiro muito longe da tech zone, perdendo muito tempo e energia. No final, cruzei na 10ª colocação e mesmo sem ser um grande dia, a temporada foi de evolução”, comentou Avancini.

Ainda durante a disputa da elite, no sábado, a seleção contou com Guilherme Muller na 33ª colocação, seguido de perto por Luiz Henrique Cocuzzi na 36ª posição. Edson Rezende Junior ficou em 74º lugar e Juliano Cocuzzi finalizou na 84ª colocação. Raiza Goulão e Letícia Candido, ficaram na 45ª e 49ª colocações, respectivamente.

Entre os demais brasileiros, as disputas começaram na quinta (8) com as provas da categoria Junior. Alex Malacarne, em seu primeiro mundial, fez bonito e completou a prova na 16ª colocação entre mais de 80 atletas. No feminino, Giuliana Morgen finalizou na 26ª posição.

Na sexta-feira, foi a vez dos atletas da Sub-23 disputarem o título. O brasileiro Ulan Bastos conquistou o segundo melhor resultado do país ao terminar na 14ª colocação em uma das provas mais disputadas do dia. Gustavo Xavier ficou com a 44ª colocação.

Topo do Mundo

Com os resultados alcançados nas últimas semanas, Avancini assumiu a liderança do ranking mundial. Na sua última atualização, feita nesta segunda (12), Henrique Avancini aparece na primeira colocação com 1.945 pontos, deixando o suíço Nino Schurter na segunda posição com 1.799 pontos e o holandês Vader Milan em terceiro com 1.281 pontos.

“Durante anos me perguntei se realmente buscar alguma coisa com tanto afinco valeria a pena. Não importa onde, qual ou quando for a corrida, eu vou largar pra brigar pela vitória. Essa postura, hoje, recebe sua recompensa máxima, que é o topo do ranking UCI”, destacou.

Assessoria de Comunicação - CBC

Telefone: (61) 3585.1051 | (61) 9123.2218 
E-mail: imprensa@cbc.esp.br 
Curta a página da CBC no Facebook
Assista aos nossos vídeos no Youtube Canal Oficial da CBC

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - MTB

VER TODAS