NOTÍCIAS - pista

Data de Publicação: 20/07/2015.

Com duas medalhas, Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista encerra participação no Pan de Toronto 2015

Equipe apresenta um bom crescimento técnico e segue motivada pela classificação para a Olimpíada do Rio 2016


Ciclismo de PistaCrédito: COB/Divulgação
A seleção brasileira de ciclismo de pista encerrou neste domingo (19) sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto/2015 com a sensação de dever cumprido. Com duas medalhas de bronze, conquistadas na prova de Velocidade por Equipes e Omnium, o time brasileiro mostrou uma grande evolução técnica e os bons resultados nos quatro dias de competição comprovam que a equipe nacional está no caminho certo rumo à classificação para a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, principal meta da Confederação Brasileira de Ciclismo. 
"Com patrocínio da Caixa Econômica Federal, a CBC teve condições para investir e fomentar o desenvolvimento da disciplina a nível mundial e o Projeto Intercâmbio, realizado em parceria com a UCI foi fundamental para que os atletas adquirissem experiência e bagagem para chegar no Canadá preparados para enfrentar as melhores equipes do continente de igual para igual, e foi isso que vimos. Ficamos praticamente entre as cinco melhores equipes de pista se tiramos uma média de todas as provas. Todos estão de parabéns, todo sacrifício valeu a pena e espero que o comprometimento dos atletas continue, pois sabemos que esses resultados irão abrir muitas portas para o futuro do ciclismo nacional”, comentou Ana Claudia Stipanich, Chefe de Equipe em Toronto e membro do Departamento de Alto Rendimento da CBC.
Último dia de competição
Bronze na prova de Velocidade por Equipes e quarto colocado na prova de Velocidade Individual, Flavio Cipriano competiu neste domingo (19) no Keirin, alcançando o sétimo lugar. Já Wellyda Rodrigues ficou com a nona colocação na Omnium, prova que rendeu bronze para o Brasil no masculino, com Gideoni Monteiro. A atleta de apenas 19 anos mostrou personalidade durante as seis provas e surpreendeu ao encarar de frente atletas de elite e campeãs mundiais. 
"A experiência sem dúvidas foi muito importante para a carreira dela, que está apenas começando. Essa é uma prova muito complexa, que exige muito do atleta, são seis corridas diferentes, dois dias de competição. Ela demonstrou muita garra e competência. O trabalho continua firme e forte, pois ela tem potencial para chegar muito longe", afirmou o técnico Emerson Silva. 
Na prova de Perseguição por Equipes, os brasileiros Gideoni Monteiro, Thiago Nardin, Cristian Egídio e Endrigo da Rosa, entraram na pista para disputar a 5ª colocação contra a seleção chilena, mas devido à ausência dos adversários na hora da largada o Brasil acabou ficando com a vitória.
A equipe brasileira de ciclismo volta a competir na quarta-feira (22), participando das provas do Ciclismo de Estrada, que seguem até domingo (26). Ana Paula Polegatch, Clemilda Fernandes, Janildes Fernandes, João Marcelo Gaspar, Murilo Ferraz e novamente Cristian Egídio, Endrigo Pereira e Thiago Nardin defendem as cores da equipe brasileira nesta reta final do Pan de Toronto 2015. 
 
ASSESSORIA DE IMPRENSACONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

Assessoria de Comunicação - CBC

Telefone: (61) 3585.1051 | (61) 9123.2218 
E-mail: imprensa@cbc.esp.br 
Curta a página da CBC no Facebook
Assista aos nossos vídeos no Youtube Canal Oficial da CBC

 


 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - pista

VER TODAS